Empoderadas: Roseli e Edna viram as “mulheres fortes” da Assembleia

Com a eleição para nova mesa diretora da Assembleia Legislativa, as deputadas estaduais Roseli Matos e Edna Auzier são o que se pode chamar de “mulheres fortes” do legislativo amapaense. Como primeira vice, Roseli é quem assume o poder na ausência do atual presidente Kaká Barbosa. Já Edna ficou como primeira secretária. É quem assina o cheque, como se diz popularmente na política.

Além de Roseli e Edna, outras duas mulheres também fazem parte da mesa: Raimunda Beirão e Mira Rocha. A bancada feminina ocupa quatro dos sete cargos da mesa diretora. É o que se pode chamar de empoderamento.

Compartilhar