“Bolsonaro será o mais votado no Amapá”, diz criador de página do candidato

Mesmo sem nunca ter colocado os pés no Amapá, o pré-candidato a presidente da república Jair Bolsonaro (PSL) tem um fã clube invejável no estado. São pessoas que voluntariamente organizam manifestações de apoio, confeccionam bandeiras, adesivos e pagam do próprio bolso. Um desses admiradores apaixonados por Bolsonaro é o ex-policial militar Rafael Pimentel, que desde 2015, administra uma página do candidato com mais de oito mil e quinhentos seguidores.

“A gente faz coleta. Só eu já fiz mais de 1500 adesivos com uma vaquinha que nós fizemos com os apoiadores. Eles veem o nosso trabalho, a nossa mobilização, ligam e dizem: pôxa Rafael eu quero doar 50 reais, eu quero doar 100 reais. Eu faço como cidadão e não como político. E tem outras pessoas que já fizeram também. É algo bem espontâneo” conta o ex-militar com entusiasmo.

Adesivagem: seguidores tiram do bolso para produzir material do candidato

De acordo com Rafael, além da página, o fã clube pró-Bolsonaro, tem grupos organizados com eleitores do candidato em 12 municípios do Amapá.  “A campanha tem um exército de voluntários aqui. A nossa página tem mais seguidores que qualquer outra página partidária local. Nós fomos filtrando e colocando pessoas no Whatsapp. E Hoje os nossos grupos têm mais poder de mobilização que o próprio partido”, orgulha-se.

E quando questionado quanto à votação que Bolsonaro terá no Amapá, Rafael é enfático ao responder. “Seguramente o Bolsonaro vai ser o mais votado no Amapá. Apesar de na zona rural o Partido dos Trabalhadores ter um apelo por causa da gestão do Lula com os programas sociais. Mas sem dúvida, o Bolsonaro vai ter a maior votação aqui”, projeta.

Encontro de fã do candidato: grupos estão organizados em 12 municípios do estado

E para explicar a razão da popularidade de Bolsonaro, Rafael tem argumentos na ponta da língua.

“O fato dele defender com tanta convicção ideias que inspiram os ideais de cada cidadão, eu acredito que isso tem sido o motivo do encantamento. Essa capacidade que as pessoas tem  de se enxergarem nas ideias de uma pessoa que tem a coragem de falar. Por que ele foge daquele contexto politicamente correto, de políticos tradicionais que falam para agradar e criar uma imagem de bom moço. Então eu acredito que essa autenticidade dele seja o motivo do grande prestigio que ele tem em todo o Brasil” diz.

Grupos de Whatsapp acreditam ter mais poder de mobilização que o partido de Bolsonaro no Amapá

O PSL deve ter candidato ao governo e ao Senado no Amapá. Rafael Pimentel é pré-candidato a deputado estadual pelo PR.

Compartilhar