Julgamento de Waldez é adiado e pode ser anulado, no STJ

Em despacho desta quinta-feira, 4, o ministro do Superior Tribunal de Justiça Og Fernandes pediu vista e o processo no qual o governador Waldez Góes é acusado de peculato foi retirado da pauta do tribunal desta segunda-feria, 8. De acordo com o ministro, o surgimento de fatos novos deveriam ser analisados para evitar a anulação do julgamento que começou em dezembro do ano passado.

O ministro diz ainda que parecer do Ministério Público Federal recomenda que o STJ proceda “pela nulidade dos votos proferidos na sessão de julgamento do dia 18/12/2018, a fim de que outros sejam proferidos”

Veja o despacho do ministro:

 

 

 

 

Compartilhar