Nem quadrilhódromo, nem reeleição

O ex-deputado federal Marcos Reátegui anunciou com festa que havia destinado emenda parlamentar de 600 mil reais para a construção de um quadrilhódromo, que atenderia a quadra junina amapaense. Marcos apostava que a obra seria decisiva para conquistar o voto dos brincantes e do público que prestigia as apresentações.

A previsão era de que o recurso estivesse liberado até o final de 2017 e fosse investido em 2018. No entanto, 2019 chegou e não trouxe nem o quadrilhódromo prometido, nem o segundo mandato que o deputado tanto queria.

Compartilhar