Kaká Barbosa exonera consultora política com salário de R$ 12 mil

Nesta segunda-feira, 10, o presidente da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), Kaká Barbosa  exonerou a estudante de odontologia, Gabryella Pereira Silva Marques do quadro de funcionários daquela casa. A nomeação da estudante aconteceu no dia 1º de março deste ano, o que causou polêmica nas redes sociais com memes e questionamentos sobre o cargo de consultora política e do salário de R$ 12,3 mil que ela recebia. Abaixo cópia do decreto de exoneração.

Compartilhar