PT decide dia 30 se vai andar com Waldez ou Capi

A direção dos rumos do barco do PT no Amapá será decidida na próxima segunda-feira (30). O martelo será batido com a decisão nacional de aliança com PSB e PCdoB. Se a amizade não vingar, o apoio será decidido pelos delegados regionais.

A informação foi confirmada pelo presidente do PT no Amapá, Antônio Nogueira. Dia 30 foi a data escolhida pela executiva nacional para fechamento das articulações que estão sendo feitas com o PSB e o PCdoB. Se a aliança vingar, a determinação é que o apoio siga com o senador João Capiberibe.

Caso a aliança nacional não saia, a decisão será dos 180 delegados regionais que vão disputar no voto se a sigla vai marchar com Waldez ou Capi. E olha que a disputa está bem polarizada no partido. Independente da decisão do cabeça de chapa, o vice tem que ser indicação do PT.

“Nós não abriremos mão de indicar o vice-governador e priorizar as eleições do presidente Lula e de deputados federais. Podemos fazer alianças, mas também temos prioridade”, disse Nogueira.

Compartilhar