Candidatos milionários estão entre os últimos para o Senado

“Não te mete em política sem dinheiro”, é uma expressão usada para dizer que o recurso financeiro é indispensável para ter sucesso numa campanha eleitoral. No entanto, para os candidatos ao Senado Guaracy Jr (PTC) e Ricardo Santos (PSL), até aqui, pelo menos, a fortuna não fez diferença. Os dois estão entre os quatro últimos colocados na disputa pelo Senado Federal.

Somados os bens declarados à justiça eleitoral, Jr e Santos têm mais de nove milhões em patrimônio, mas juntos, representam apenas 5% das intenções de voto, de acordo com pesquisa do Ibope divulgada neste sábado, 18.

Guaracy é o mais rico: R$ 5.325.000,00 em bens. Mas Ricardo não fica muito atrás: R$ 4.160.000,00 declarados. No entanto, quando se trata de patrimônio eleitoral, os dois estão entre os mais pobres: Guaracy tem 4% e Ricardo apenas 1% das intenções de voto.

Ao contrário do que se possa pensar, os dois não são estreantes na política. Guaracy foi candidato a deputado estadual pelo PTC no estado do Tocantins, em 2006. No mesmo ano, Ricardo foi candidato ao Senado pelo PCB, no Amapá. Ambos não se elegeram. Sorte no jogo dos negócios, azar no amor com o eleitor.

Confira o resultado da pesquisa Ibope:

 

Compartilhar