A eleição do tostão contra o milhão

Numa demonstração clara de favorecimento a um e boicote a outro, o Partido Progressista deu mais de meio milhão de reais para a campanha da deputada Roseli Matos e nenhum real para o jornalista Carlos Lobato, que disputa com Roseli a única cadeira que o partido deve conquistar na Assembleia Legislativa do Amapá.

Em vídeo distribuído nas rede sociais, Lobato acusa o presidente do PP deputado André Abdon de usar  dinheiro que deveria ser dividido entre todos os candidatos para beneficiar Roseli. Mesmo assim Lobato não desanima. “Estão fazendo isso porque sabem que o povo está cansado das mesmas caras e práticas vergonhosas dos nossos deputados e por isso vê na nossa candidatura uma chance de renovação. Eles tentam nos enfranquecer, mas a força do dinheiro não vai vencer a esperança porque é o povo que nos fortalece”, declara.

É a eleição do tostão contra o milhão.

Compartilhar