Juiz nega pedido para tirar Record/AP do ar. Mas proibe divulgação de pesquisa

O juiz Romeu Araújo negou pedido da coligação de Davi Alcolumbre para tirar a TV Record/AP do ar por 24 horas por causa da divulgação de uma pesquisa da pesquisa do Instituto Doxa, que de acordo com a coligação, poderia desequilibrar a eleição favorecendo João Capiberibe e Waldez, que apareciam empatados na liderança e prejudicando Davi, que estava a cerca de 10 pontos atrás de Capiberibe.

Na mesma decisão, o juiz proibiu a TV Record/AP de divulgar os números do Instituto Doxa isoladamente. A Record só poderá mostrar os dados da pesquisa se veicular as outras pesquisas que foram divulgadas esta semana: a do Instituto Guimarães que dá a liderança a Davi e a pesquisa do Instituto Mentor, que tem Capiberibe como líder.

 

 

Compartilhar