Prioridade zero para a educação?

Capiberibe disse no debate da Diário FM que a educação será prioridade zero num possível novo governo do PSB. A frase gerou polêmica. Para os simpatizante do candidato, ele quis dizer que será a primeira prioridade, já que o zero vem antes do um. Adversários, no entanto, que o acusam de perseguir professores e rasgar o estatuto do magistério, dizem que Capiberibe cometeu um ato falho e confessou que a educação não será prioridade, visto zero é mesmo que nada.

Ato falho ou mal entendido?

Compartilhar