Tem durado

Tida como certa, a troca de Dilson Borges por Evandro Milhomem na cultura ainda não se consumou. Borges já sobreviveu as duas primeiras degolas promovidas por Waldez no primeiro escalão de secretários.

Compartilhar