Aline diz que fez campanha limpa e colabora com a PF

A assessoria da deputada federal Aline Gurgel lançou nota, onde afirma que a parlamentar fez uma campanha limpa e que  está colaborando com as investigações da Polícia Federal desde o ano passado, quando foi deflagrada a primeira fase da operação Cícero, que investiga um suposto esquema de compra de votos montado pela deputada, na eleição de 2018. A nota é uma resposta à segunda fase da operação, que fez busca e apreensão de documentos em endereços de pessoas ligadas a Aline, na manhã desta terça-feira, 9.
Leia a nota:
A deputada federal Aline Gurgel informa que soube pela imprensa da segunda fase da Operação Cícero na manhã desta terça-feira, 9 de abril e espera que os fatos sejam esclarecidos em breve.
Aline informou que tem um trabalho sério e atuante em defesa da população. A deputada garante que prestou todas as informações necessárias à Polícia Federal  no mês de dezembro de 2018, para que os fatos sejam elucidados e que colaborou com as investigações.
A parlamentar também esclarece que confia firmemente na atuação dos órgãos de investigação e na imparcialidade da Justiça Eleitoral. Sabe que sua campanha foi limpa e de convencimento. A parlamentar não concorda com nenhuma prática ilícita , provará sua inocência, repudia os exageros da ação policial e seguirá honrando a confiança que as cidadãs e os cidadãos amapaenses depositaram nas urnas. Na certeza que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus.

Assessoria de comunicação da deputada federal Aline Gurgel

Compartilhar