Deputado Dr. Negrão promove audiência pública sobre o câncer de próstata

Novembro é o mês dedicado a prevenção, cuidados e alerta ao câncer de próstata. O deputado estadual, Alberto Negrão (PP), é médico e realizará na segunda-feira, 11, as 9h, no plenário da Assembleia Legislativa do Amapá, uma audiência pública que vai tratar com mais profundidade o assunto. O tema escolhido foi “Câncer de Próstata – sinais, sintomas e prevenção”.
Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (sesa) em 2017 foram registrados 71 casos da doença no Estado. Em 2018 foram 63 e em 2019, até o mês de setembro, já foram enumerados 25 casos.
A suspeita do câncer de próstata se dá por meio da sintomatologia clínica, e pode ser confirmada por meio do exame de toque retal e níveis sanguíneos de PSA (antígeno prostático específico).
O toque retal: aproximadamente 80% dos tumores encontram-se na zona periférica da glândula prostática. Quando o volume dos nódulos é maior que 0,2ml, existe a possibilidade de realização de diagnóstico pelo exame digital do reto. Este exame fornece informações importantes acerca da textura e consistência do tecido prostático. Em 18% dos pacientes, o câncer de próstata é detectado pelo toque retal, independente da concentração sérica de PSA.
Os sintomas do câncer de próstata são pouco específicos e podem ser confundidos com os sintomas presentes em outros processos que acometem a próstata, como por exemplo nos processos benignos de aumento desta glândula (hiperplasia prostática benigna) e nas inflamações (prostatites).
Os principais sintomas para estas doenças são a dificuldade para urinar, redução da quantidade de urina, acordar várias vezes durante a noite para ir ao banheiro, sensação de bexiga cheia mesmo após a micção, dor e ardência ao urinar, impotência ou dificuldade para manter a ereção e presença de sangue no sêmen. (com informações do Ministério da Saúde).
Compartilhar