Justiça manda Facebook remover fake news contra Randolfe

O juiz eleitoral Carlos Alberto Canezin determinou nesta terça-feira, dia 10, que o Facebook retire do ar uma publicação caluniosa contra o senador Randolfe Rodrigues (REDE/AP). A Fake News (noticia falsa) postada por um perfil anônimo intitulado Diário do Brasil acusa Randolfe se beneficiar de um esquema de desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro por meio de narcotraficantes internacionais.

A pedido do partido de Randolfe, o juiz determinou que o Facebook retire os links do ar, além de fornecer todos os dados disponíveis do criador e administrador da página para identificação dos responsáveis pelas publicações e número do IP de conexão da conta. As medidas são necessárias para que a justiça possa apurar e responsabilizar os autores do perfil por possíveis crimes nas esferas cível e criminal.

O juiz fixou ainda multa diária de 5 mil reais, em caso de descumprimento da decisão.

Leia a íntegra do documento:

 

 

 

 

Compartilhar